domingo, 5 de abril de 2009

Contra-Capa



"E lá, ao lado de nós sabemos quem, está Límerson, poeta-xamã, poeta-pederasta, poeta-mestre-do-Delírio, Deus dos corpos e almas adolescentes. Poeta celebrador da poesia surrealista e da beat generation, das orgias comunitárias, dos encontros casuais, da paixão e do xamanismo".

Felipe Chaves

5 comentários:

desire disse...

hahahahah

orgias comunitárias...

reza a lenda que as pessoas repetam a piada/comentário/gíria quando ela é boa.

gostou do último post?

desire disse...

(jamais disse que vc chamou sua turma ^^ mas que veio uma turma, veio. de quem quer que ela seja.)

vc traduz para mandarim? vai se tornar a língua universal!!!

desire disse...

ai límerson, vc sempre escreve minhas coisas errado! vou encarar isso como vingança pessoal, hahaha!

desire disse...

turma no sentido de muita gente, e nem era turma, era galera, tipo aquele povo para quem vc liga "olha, preciso de uma mão, blah, blah, blah"...

desire disse...

e no caso da "cidade branca", talvez ninguém a perceba mesmo. mas ela percebe todo mundo e não perdoa ninguém, nem eu, nem você.

falando de que mesmo?
abraços e boa noite! você não dorme não?

Pesquisar este blog