segunda-feira, 13 de junho de 2011

Ritual

apaguei o incenso três vezes

fui chamado de louco, e de mãe

o vento está querendo ser lembrado

e eu ri, caminhando estremecido

pode o incenso ter ficado acendido


o vento me acordou três vezes

fui chamado pelo som do incêndio

eu ri, me lembrando da menina

que cantava e urinava no mercado

pude ser reprimido e privilegiado


já curei meu cisto três vezes

uma sonhando e duas vigilando

meu modo de querer ser lembrado

atravessa uma moldura no pescoço

levo pelos de bigode no meu bolso


(Curitiba, 2011)

Nenhum comentário:

Pesquisar este blog