sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Duas situações despertas excluídas do texto original


Um estranho. Um manequim. Amante ameaçador. Um bebê manequim. O invasor familiar que bate à porta. E um boneco infantil que não é familiar. Grita e chora enfiando as unhas nas minhas costas. Ele está trabalhando por aqui, mas não inspira confiança. E ele, ali, debaixo de mim quando eu levantei. Embora eu não o conheça eu o alimento eu o levanto nas minhas costas. E então recrimino cada gesto, gritando que dói, reagindo. Fico exaltado e grito ‘pára!’ e o expulso. Então acordo. E então acordo.

Nenhum comentário:

Pesquisar este blog