quarta-feira, 9 de abril de 2014

Monólogos de uma única fala


PRIMEIRO ATO
I.
PERFUME: ontem arrebentou meu sapato na folha de laranjeira 
FIM

II.
LARANJEIRA: ontem arrebentou meu sapato no galho de perfume
FIM

SEGUNDO ATO
I.
A FESTA: hoje o galho arrebentado da folha fisga as orelhas de perfume até mim.
FIM

II.
A FOLHA: hoje o galho arrebentado da festa fisga as orelhas de laranjeira até lá.
FIM

EPÍLOGO MIÓTICO

SAPATO: tem um perfume que me dói.

FIM

Cai o pano.

Nenhum comentário:

Pesquisar este blog