quarta-feira, 23 de abril de 2014

Quatro Objetos Travam Relação Diante de uma Fotografia Ondulante

( muy fragil )


Entra a Pessoa. 

A PESSOA
Nem sempre alguém tem algo a dizer.

A PUPILA (abrindo)
Uma frase de retratação ondula contra a luz.
(permanece aberta)

A PEDRA(caindo)
Não entendo aquela resposta. Mesmo assim, tentei repeti-la, no que ela encerrou a conversa, olhando pra baixo e indo embora.

A ÁGUA (Pessoa olha fixamente para Água)
Qual o incômodo quanto a tua reação ao que ela disse?


A PEDRA (Pupila começa a lacrimejar)
Ter sido algo entre a gafe e o teatro do invisível, entende a minha ansiedade? Eu falei isso, entende a minha ansiedade?

Pessoa acolhe e conforta Pedra

A ÁGUA
É, cometemos alguns erros nas gafieiras da vida social.

O TEMPO(que estava ali o tempo todo)

Bem, estou indo embora daqui.

Nenhum comentário:

Pesquisar este blog