quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Incêndio


Pode ser consumido em algumas horas,
Minutos e segundos primeiro

O que palpita nesse lugar
Escuto e gravo desde sempre
Exceto tecendo incêndio de seios
As asas de um tronco no meio
Tenso, contorcido e quase rindo
Mas as sobras do peito que erijo
Gota à gruta da primeira boca
Represa bruta quente na língua
O que palpita nesse lugar
Existe e grave desde sempre
Exceto tecendo incêndio de sangue
Abrem com passagens de tempo
Latindo nas sombras do corpo
Que o lugar onde amo inventa
Distancia sem nome entre os próximos

Pode ser consumido em algumas horas

Minutos e segundos primeiro

Nenhum comentário:

Pesquisar este blog