terça-feira, 10 de maio de 2016

Música prazerosa

O prazer nos escuros da falha
Dilacera os escudos de cera

Desfazer o cerume da fala
Os cabelos ondulam de ombros

Desonestas espumas de sangue
Pelos escombros surdos da sombra

Estes sons desembrulham segundos
De prazer nos estudos do faro


Pesquisar este blog