segunda-feira, 23 de dezembro de 2019

Fantasma da Árvore Cortada



Eu pareço hipnotizado nas fotos
O mar que eu vejo 
É um mar perdido
Sem o mar que elas vêem
Pelo seu vir elas ficam paradas
E atrás da fortaleza da fortaleza
Entre as proporções que inclinam ao vento
Pareço estar embaixo da sombra 
Fantasma da árvore cortada.

Nenhum comentário:

Pesquisar este blog